Dicas de boas-vindas para acolhimento nas missas e grupos de orações

Destaques Formação

Acolhimento e cuidado. Existem inúmeras passagens da Bíblia que mostram a importância do acolhimento e do cuidar bem. Na sua carta aos Romanos (15,7), São Paulo sugeria: “Acolhei-vos uns aos outros, porque Cristo vos acolhe para a glória do Pai”. Este é um ato que faz as pessoas se sentirem mais importantes e se considerarem filhos de Deus e serem amadas e amadas pelos outros irmãos. Quando uma pessoa chega à comunidade e é bem acolhido, quer ficar e sente vontade de voltar novamente. A recepção fraterna de pessoas que procuram nossas paróquias, igrejas, comunidades e centros comunitários torna a evangelização. Pela fé somos todos filhos do mesmo pai, Deus acolhe a todos e não rejeita ninguém. Devemos também ter essa disposto a fazer esse acolhimento. Portanto, o encontro de todos na celebração deve ser bem-vindo. Preparamos algumas dicas simples que poderá fazer toda diferença e ajudara a todos a completar a na nossa missão de ser Igreja!

  • Receber os fiéis e locais onde é possível faze-los, ajudá-los a estacionar: Parece desnecessário, mas organizar o estacionamento e orientar o motorista é uma forma de acolhimento e de dar boas-vindas. Portanto, ser prestativo e ajudar neste momento farão com que os fieis se sintam cuidadas.
  • Um acolhimento humanístico, simples e amigável na entrada da porta da igreja: um sorriso à sua frente, um forte aperto de mão e um tom alegre: “Bom dia”, “Boa tarde”, “Boa noite”, “Bem-vindo irmão” “Que bom que você veio”) “Deus te abençoe “. É como hospedar uma pessoa em sua própria casa: se você a receber bem, ela voltará. Pois saberá que a companhia dela foi muito importante.
  • Ajude as pessoas a encontrarem locais para se acomodar: A igreja está quase cheia e as pessoas continuam chegando. Preste atenção aos assentos que ainda estão vazios e conduza ou oriente as pessoas até eles. (informando as orientações que devem seguir de forma cordial e acolhedora.)
  • Saudação inicial: Precisa de inspiração, tem que ter um entusiasmo em um tom bíblico. Este é um grande momento de saudar a assembleia e você tem que envolve-los de uma forma em geral com saudação fraterna e acolhedora. Portanto, tente olhar para os componentes enquanto lê, evite ler mecanicamente e rapidamente e dê um tom de voz forte em um tom de boas-vindas.
  • Evite usar a frase “vamos acolher o presidente da celebração”: A liturgia não é uma ação pessoal, todos fazemos parte da Celebração, é a igreja o povo, somos o corpo da igreja. A celebração é um clérigo na igreja, portanto expressões como “receberemos celebridades ou equipes cerimoniais, etc.” devem ser evitadas. Onde você realmente precisar, basta convidar: “Nosso irmão que canta a música (ã)” ou outras palavras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *